Exercício de respiração para tuba e bombardino

A tuba e bombardino são instrumentos de sopro e por isso os exercícios de respiração auxiliam de forma siguinificante o controle e qualidade sonora no instrumento.
A respiração correta evita esforços excessivos no sopro e maximiza energia e resultado musical.
A respiração é tão importante que ao tocar uma grande frase um musicista sem grande controle de ar pode alem de cortar a frase atrasar o andamento prejudicando o desenvolvimento musical em ensaios e estudos.
Existem muitos exercícios de respiração com objetivos bem distintos. Há exercícios para usar a força muscular, para relaxamento e etc...
Deixo aqui uma sugestão de exercícios dentre muitos existentes:
  • Em pé com os ombros relaxados e com postura ereta mas não rígida faça uma inalação de forma suave no bocal do seu instrumento musical abrindo os lábios vagrosamente contando até 4 pulsações( tempos )
  • Exale ( sopre ) no bocal 4 pulsações de forma suave.
  • Repita os movimentos anteriores até que julgue necessário!
Esses movimentos devem ser feitos de forma natural, contínuo e sem forçar ou mexer muito o corpo na inalação e exalação!
É natural que depois de um tempo o exercío fique fácil e o musicista poderá inalar 4 pulsações e soprar no bocal 8 pulsações e fazer adaptações criativas se preferir!
Um abraço musical a todos!

10 comentários:

  1. Olá Ricardo. Muito boa dica. Se o instrumento vibra e soa apenas com o ar,a respiração correta é muito importante. Valeu amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo bem, fico grato por sua participação e comentário, lembro que o ar é importante mas, os lábios também vibram no bocal do instrumento e a qualidade do sopro produz boa sonoridade.Poderia se identificar?

      Excluir
  2. Olá gostaria de saber quanto tempo.é necessario para aprender a tocar bombardino?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso depende mais de você do que do instrumento.Pontos importantes: você ja tem noção do instrumento? ja tocou outro instrumento musical? Posso lhe afirmar que não é difícil aprender usando a técnica certa!

      Excluir
  3. A Paz de Deus!
    A minha duvida é sobre as notas mais agudas, eu ainda não sou oficializado, mas já toco nos cultos oficias na comum, meu instrumento é uma Tuba Francesa 4/4 em SiB, e ainda tenho dificuldade nas notas mais agudas acima do 2º Sol não sei se o problema é a minha embocadura ou o Bocal (Dolphin 18) que se adapta mais para o Grave e além disso o bocal caiu no chão e amassou um pouco a circunferencia no pé do bocal,
    Deus abençõe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amem, realmente, o bocal cair no chão é ruim.
      Quanto a embocadura é questão de prática e para isso eu recomendo baixar o método de embocadura que tem aqui no blog. Se tiver dificuldades de Baixar é só entrar em contato novamente. Bocal pode ajudar mas a prática diária é que o caminho da boa embocadura

      Excluir
  4. A Paz de Deus!
    Comprei uma tuba (Weril j680) a 1 ano e por mais que eu exercito a embocadura, as notas (fá # e sol natural) "normal não grave" nunca saem perfeitas.
    Já as notas mais graves saem perfeitas. Isso pode ser do instrumento, ou minhas técnicas precisam ser reavaliadas?
    Por favor, se poder dar sugestões... sinta-se a vontade !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amem, isso não parece normal.Pocê pode agensar uma aula gratuita por Skype para eu ver seu caso! Pode ser o instrumento tambem!Deus abençoe e um abraço musical!

      Excluir
  5. Muito bem ,a musica e muito boa e tocar melhor ainda,um abraco musical

    ResponderExcluir