Tempo de mudanças


Olá queridos leitores, faz um bom tempo que não escrevo aqui. Trabalhos musicais intensos tem me envolvido em produções de mais variados estilos e isso tem sido maravilhoso.

Muitos pensamentos passearam sobre minha cabeça em relação a esse blog que tem uma boa quantidade de tempo! Tenho recebido emails diários de muitos seguidores desse veículo de comunicação e agradeço a confiança nas informações aqui que são autênticas.
Eu criei outro blog cm intuito de mudanças na forma de blogar e pensei...
Mudar pra quê? Por quê?
Esses tipos de perguntas leva um tempo para responder quando chega a maturidade!
Enquanto vou pensando, continuarei escrevendo aqui sobre música e especialmente sobre os metais graves do qual eu tenho muita felicidade em representar.
O trabalho está de vento em popa mas com algumas mudanças no sentido de grupos musicais! Trabalhar com grupos variados é uma oportunidade maravilhosa em que vi pessoas falando de várias visões de mundo, crenças e estilos de vida.
Aproveito a oportunidade para agradecer a Deus por momentos musicais maravilhosos e por conhecer maestros, músicos e entusiastas musicais.
Eu????!!!!Continuo eu mesmo...
Mas o que mudou?
O meu trabalho! Atualmente está em ajudar pessoas no caminho da música através da orientação pedagógica!
Concluo dizendo que fazer música é com certeza... Muito gratificante!

Ricardo Sena com Eufônio 4 pistos

Queridos leitores,uma vez em um festival de música ouvi do professor de tuba uma frase interessante:
Se divirta tocando!!!
Isso foi um choque para mim que na época estudava constantemente com muita seriedade.
No decorrer do curso compreendi que podemos tornar rotinas musicais mais criativas e menos estressantes.
Descobri que isso pode ser usado em várias áreas da música pois ouço relatos de pessoas que estressam a si próprias e aos outros na arte da música.
Eu prefiro tocar e e divertir! As vezes se emocionar!
Curta o som de um pequenino trecho musical para descontrair!
Um abraço musical!

Escala para tuba em Fá

A tuba em fá é um instrumento pouco utilizado no Brasil por ser um instrumento que tem características solísticas e por ser caro.
A tuba é largamente utilizadas em Bandas e orquestras e a percepção sonoras de muitos é o som grave dos instrumentos em Si bemol ou Do.
Alguns tubistas optam pela tuba em  por ser um instrumento mais prático para tirar notas agudas e possuir um timbre que favorece a solos e fazer música de câmara.


O seu timbre as vezes se confunde com o eufônio..
O instrumento largamente utilizado no Brasil é a tuba em si bemol!

Simplicidade

Caros amigos estou aqui falando de algo que é muito claro no mundo prático da música e que quando negligenciado, causa muitas distorções da realidade e mitos desnecessários na arte de tocar.
Para tocar um instrumento de sopro é necessária uma manobra básica que é assoprar! Simples, não? É evidente que é um sopro com técnica, mas tenho visto muitas recomendações que vão das óbvias as mais absurdas.
O sopro é uma manobra simples

Afirmo que o bom aproveitamento do som e música produzido no instrumento musical consiste em estudos simples de embocadura, respiração e métodos básicos que são primordiais.
A formula mágica para tocar consiste na simplicidade e disciplina ,porém tenho visto musicistas de sopro usando vários tipos de aparelhos médicos, técnicas de respiração, exercícios de Yoga, cano de água e muitos mais....
São úteis? Precisa de tudo isso?
Eu acredito no bom uso de recursos para o melhor desempenho musical, entretanto tenho observado que na prática o maestro e o publico quer ouvir  música não se importando nem se preocupando com a técnica que o musicista usou. Isto é o mundo prático, Na realidade você como músico deve ser eficiente no seu instrumento. Apenas isso!
O glamour e alguns mitos fazem parte do mundo artístico e tirá-los deixaria a arte sem graça mas sugiro evitar os exageros pois na vida real, a música tem que funcionar!Simplesmente assim!
Um simples e singelo abraço musical a todos